Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


#4 Odeio pessoas

por Miss F, em 28.10.15

que levam crianças a jantar fora. Não são toooodas as crianças, nem me refiro a toooodos os restaurantes, não me choca que o McDonald's ou o Chinês da esquina tenham crianças. Mas quando vou a um restaurante mais 'maneirinho' e, passado um bocado, começo a ouvir gritos, choros, correrias e tudo mais... Até reviro os olhos.

 

No geral não gosto de crianças. Não me levem a mal, mas mesmo quando era criança não gostava das outras, achava que eram infantis. Quando, ao fim de uma semana esgotante, vou a um restaurante para tomar uma refeição descansada a pior coisa que me pode acontecer é haver criancinhas por perto. Eu até sei que a culpa não é delas, que elas se calhar até preferiam estar em casa a fazer macacadas em vez de serem forçadas a estar num restaurante de adultos onde têm de se comportar. Mas as mães/pais acham que têm o direito de impor os seus rebentos a toda a gente e estão-se nas tintas para os outros. Sim sim, quem está mal muda-se. Mas há uma coisa chamada respeito e boa-educação por isso, se faz favor, não levem as vossas criancinhas para restaurantes mais aprumados, podem estragar a noite dos outros.

 

Agradecida.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:00


10 comentários

Imagem de perfil

De Magda L Pais a 29.10.2015 às 16:07

Desculpa... sou mãe de duas crianças e nunca me privei de ir a lado algum, do mais fino ao mais requintado e ao mais labrego :p A diferença, a grande diferença, é que os meus filhos estavam na minha mesa e não saiam da mesa. Não havia brigas ou discussões. Sempre foram ensinados a comportar-se e a não fazer birras onde quer que fosse....

O problema - mais uma vez - não são as crianças nem é levar as crianças. O problema é não educar as crianças.
Imagem de perfil

De Miss F a 30.10.2015 às 08:23

Desculpo sim senhor! Daí que faça a ressalva que não são todas as crianças, eu quando era criança nunca fiz birras nem me portava mal onde quer que fosse. Mas há pais que deixam as crianças andarem a correr pelo restaurante, aos gritos e (como já vi) a incomodarem pessoas e eles nada fazem.

Claro que a culpa em 95% dos casos é dos pais, se sabem que os filhos não são capazes de estar mais do que 20 min sentados devem ter o cuidados de não os deixarem incomodar as pessoas. Mas para isso é preciso educação e bom-senso que, mesmo sendo gratuitos, não chegam a toda a gente!
Imagem de perfil

De Magda L Pais a 30.10.2015 às 08:58

ora ai está: educação e bom senso :D coisas que faltam a tantaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa gente
Sem imagem de perfil

De fascinadapelomundo a 02.11.2015 às 16:28

as crianças são o exemplo do nosso futuro,é preciso saber isso!! Excelente semana e feliz mês de outubro!!
Imagem de perfil

De Miss F a 04.11.2015 às 12:05

Exactamente, se vão crescendo a fazer o que querem, sem regras nem educação, quando crescerem e os pais já não tiverem possibilidade de fazer alguma coisa vão ser exactamente iguais!

Será que querias dizer Novembro? um bom mês também para ti!
Sem imagem de perfil

De fascinadapelomundo a 04.11.2015 às 12:52

sim,sim,queria dizer novembro!! enganei-me,toda a gente tem direito a errar de vez em quando!!
Imagem de perfil

De Miss F a 04.11.2015 às 13:23

Ahahah eu percebi de vez em quando não, sempre que calhar!
Imagem de perfil

De rps a 05.11.2015 às 01:27

Lol...Adoro o ponto de vista, apesar de ter filhos e gostar de crianças. Há restaurantes que não permitem crianças, mas há falta de restaurantes com cozinha de autor dedicados às mesmas, em que os pais seriam "as crianças" e todos os miúdos se sentiriam incomodados com os pais da mesa do lado.
Imagem de perfil

De Miss F a 05.11.2015 às 14:13

Falta de resturantes com cozinha de autor dedicados às crianças? Lamento ter de discordar, mas eu quando era miúda ir a um restaurante era sinónimo de bitoque cheio de batatas fritas, até salivava

Sinceramente acho que são poucas as crianças que consigam apreciar um prato mais requintado, até porque têm mais papilas gustativas e tudo o que sejam sabores mais fortes causa-lhes maior 'transtorno', daí que as crianças prefiram sabores mais neutros. Agora se me falar em restaurantes que tenham uma parte só para crianças de forma a que miúdos e graúdos possam aproveitar todos a refeição, isso sim acho que faz falta.
Imagem de perfil

De Anti-Social a 12.11.2015 às 21:35

Lembraste-me uma coisa que dizia muito na minha adolescência (ainda digo, mas agora de forma mais diplomática): "não gosto de pessoas, prefiro bichos!"

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D