Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Da religião

por Miss F, em 20.04.15

Roma é uma cidade cheia de igrejas e, ao visitar algumas (como a Santa Maria dei Miracoli e a Basílica de São Pedro) dei por mim a reflectir sobre a religião. A grandiosidade das igrejas e a aura diferente que têm levaram-me a pensar 'Deve ser giro acreditar nisto e rezar nestes sítios'. Por outro lado pensei 'deve ser giro sim, mas eu não consigo'. Apesar de ter crescido numa família católica sou ateia e, embora use como argumento mais fácil para quem contesta o meu ateísmo o facto da Igreja fazer o contrário daquilo que (supostamente) Jesus Cristo ensinou ou mesmo o facto de Jesus ser judeu ortodoxo e não ter dito metade do que dizem que ele disse (evidências históricas), a verdade é que estes são argumentos mais fáceis de explicar e menos difíceis de ser 'atacados', no fundo o que me leva a não acreditar é a falta de fé. E a fé é sempre a base de qualquer crença. Tendo crescido numa família religiosa nem sempre fui assim, em pequena cheguei a ir à catequese (fui um dia, por vontade própria, e nunca mais lá voltei), rezava algumas vezes à noite e lia passagens da Bíblia da minha avó. 

 

Contudo, conforme fui crescendo fui começando a questionar. E quando se questiona e não se encontram respostas é difícil manter a fé. Algumas pessoas dizem-me 'eu por vezes também duvido que deus exista, quando as minhas preces não são atendidas, mas há que ter fé'. Não falo deste tipo de questões, falo na racionalização da coisa. Não me faz sentido haver uma entidade superior que nos criou, a ciência contraria esta ideia com factos, com provas. Quando comecei a estudar filosofia a coisa piorou - passei a ver a religião como uma resposta à fraqueza das pessoas, é mais fácil acreditarmos que alguém lá em cima olha por nós do que sermos sempre responsáveis por nós próprios. É este ponto que se torna complicado para mim o acreditar que há de facto um deus, é esta fé que me foi incutida pelos meus pais mas que nunca consegui interiorizar por completo. 

 

No fundo, a fé é a ausência de racionalização, a crença sem questionar, e eu não consigo deixar de questionar, de racionalizar, logo não consigo ter fé.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:27



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D