Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Love wins

por Miss F, em 23.11.15

Já tinha dito há uns tempos que as questões da orientação sexual me chateiam. Quanto à adopção (logicamente) sou plenamente a favor, o que importa é que as crianças cresçam num ambiente saudável, com amor, carinho e acompanhamento. Se são famílias tradicionais, monoparentais ou casais homossexuais, o que é que isso interessa? Finalmente conseguimos em Portugal dar esse passo e, na passada sexta-feira, foi aprovada a adopção por casais homossexuais. Eu sou da opinião que, em boa verdade, a nossa sempre tão criticada Constituição já o permitia porque estabelece no seu artigo 13º, Nº2:

 

Ninguém pode ser privilegiado, beneficiado, prejudicado, privado de qualquer direito ou isento de qualquer dever em razão de ascendência, sexo, raça, língua, território de origem, religião, convicções políticas ou ideológicas, instrução, situação económica, condição social ou orientação sexual.

 

Mas agora foi aprovado na Assembleia e há que aplaudir esta alteração. Para todos aqueles que, ao lerem este texto, se sentirem tentados a usar como argumentos que vai haver discriminação pela sociedade, que isso não é normal, que as crianças precisam de um pai e uma mãe, primeiro pensem - então e as crianças que perdem um dos progenitores? Devem ser retiradas ao progenitor que sobra e entregues a uma família com pai e mãe? E as crianças em Instituições, têm solução para elas? 

 

Em segundo lugar, vão ler isto e percebam que a anormalidade está no vosso cérebro, todas as crianças têm, acima de tudo, direito à felicidade. Se essa felicidade pode ser proporcionada por homossexuais, melhor para elas que ganham uma família que os quer amar incondicionalmente. 

 

Por último, se ainda assim quiserem continuar a discriminar as pessoas com base na sua orientação sexual, lamento mas vão estar cada vez mais sozinhos. O mundo já avançou. Podem discordar, ter uma opinião diferente, considerar que isto é errado, mas o mundo é assim mesmo, uns perdem e outros ganham. Desta vez, ganhou o amor. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:07



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D