Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Piropeando a justiça

por Miss F, em 28.12.15

Esta história dos piropos é tão estúpida que eu queria dizer alguma coisa inteligente sobre o assunto mas simplesmente não dá. Já existe no código penal, ou coisa que o valha, o direito ao bom nome e as injúrias já estão aqui contempladas. Havia necessidade de alterar a lei para contemplar coisas como 'Oh jóia anda cá ao ourives?' 'Oh estrela queres cometa?' e outras que tais? Sim, eu sou mulher e por vezes há piropos pouco oportunos e sinceramente reveladores de má educação. Mas eu vou perder tempo a ir à esquadra queixar-me ao senhor agente que um velho bêbado me disse que me fazia um pijaminha de cuspo? Ganhem juízo!

 

Em vez de fazerem novas leis e alterações com coisas parvas, tenho uma sugestão senhores juristas e juízes: façam cumprir as que já existem. Expliquem-me como é que um rapaz de 21 anos é condenado em Julho pelo crime de violação ficando a pena suspensa, em Dezembro volta ao tribunal pelo mesmo tipo de crime e volta a ser condenado e a pena a ficar suspensa (sendo que a juíza ainda diz "Se voltar a tropeçar vai cumprir a pena, mas na prisão" - notícia completa aqui) e depois alteram o código penal para uma merdice destas??? Se as pessoas não são presas por EFECTIVAMENTE violarem vão ser presas por dizerem 'Come to me que eu como-te a ti'?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:02



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D