Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Privatize-se senhor, privatize-se!

por Miss F, em 08.10.15

Estou farta. Farta, cansada, desgastada pelo mau funcionamento dos transportes públicos. Eu não tenho carta e por isso uso há 15 anos, assiduamente, mesmo quando estou de férias, os transportes em Lisboa. São 15 anos de passes mensais (nem vou fazer as contas senão dá-me um treco). Muita gente me diz que não sabe como aguento, que desde que tirou a carta nunca mais pôs os pés num autocarro nem no metro. Mas que querem? Nunca me deu para isso, quando vejo o preço da carta penso 'com este valor fazia uma bela viagem' e desmotivo.

 

Em 15 anos muitas foram as vezes que reclamei, principalmente com as greves. Mas actualmente já não há cu que aguente. Eu hoje estive 55 - CINQUENTA E CINCO - minutos à espera de um autocarro. Depois, à vinda para casa, mais MEIA HORA!! Perdi 1h30 à espera de um autocarro que, em teoria, passa a cada 20 minutos. Se isto fosse um dia por acaso eu dava o desconto (como já dei tantas vezes) mas é a segunda vez no espaço de uma semana e já seguiu a devida reclamação (que eu não sou daquelas que fala fala e não faz nada, o livro vermelho é o meu melhor amigo!). Já cheguei a apanhar táxis para coisas importantes por causa de atrasos nos autocarros, mas naturalmente não ganho para isso.

 

Por isto, pelas greves, por tudo eu vos digo - privatizem isto tudo para ver se funciona melhor, porque actualmente uma pessoa simplesmente não pode confiar nos transportes.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:00


6 comentários

Imagem de perfil

De Magda L Pais a 09.10.2015 às 08:59

bom! subscrevo na integra! completamente de acordo!
Imagem de perfil

De Miss F a 09.10.2015 às 16:39

Quem depende de transportes sabe o que é isto. Não fosse o tempo que ganho a ler livros e acho que já tinha tirado a carta Ahahah
Imagem de perfil

De Niki a 12.10.2015 às 11:10

Eu fiz as contas, por acaso tinha carta, mas não tinha carro... Então como sai de casa as 7 da matina e as vezes entrava bem depois das 9 da manhã, havendo um dia que cheguei as 10:30 do trabalho (chefe amiga a minha que nunca me despediu) e atenção de carro o percurso é de 15 min a 20 min... o problema é a troca de autocarros pelo meio que nunca funcionava.
Depois sai do trabalho as 17 ou 18 dependendo da hora da entrada... e chegava a casa quase as 20h o meu marido saia de casa a mesma hora que eu e trabalhava mais horas que eu, chegava mais cedo que eu a casa.
Epa se ainda fosse para estar quentinha qb num autocarro ou comboio, não considerava tempo mal gasto, sempre dormia ou lia... mas não era tempo que passava ao frio na paragem a espera do autocarro que nunca parecia cumprir horários... Aqui a vimeca é muito conhecida nisso. E fiz diversas reclamações... até que olha decidi contar o que gastava anualmente em transportes e investir num carro...
Maravilhas chego ao trabalho em 20 min.... entro as 8 e consigo sair as 16 (jornada continua) e tenho tempo para mim e para ir buscar a minha filha sem dramas...
Imagem de perfil

De Miss F a 13.10.2015 às 21:15

Depois é preciso alguma sorte nos trabalhos, porque há patrões que não entendem que nós já saímos com um grande avanço de casa e, muitas vezes, não é suficiente. Então em dias de chuva, greve, etc, é mesmo muito difícil chegar a horas!

Para quem já tenha carta e/ou carro muitas vezes compensa gastar mais um bocado em gasolina mas ganhar qualidade de vida, essencialmente tempo!
Sem imagem de perfil

De Sofia a 14.10.2015 às 11:57

Bom dia,

Concordo 100% com o post, gozam com as pessoas e fazem o que querem!

Eu fui obrigada a passar de um passe que custava 32,00€ que já é caro para um de 42,00€, isto da junção das empresas de transportes é o que dá, mas depois o serviço não corresponde ao preço, portanto uso e abuso de todos os transportes para diminuir o tempo de espera para o destino que pretendo!

Em Agosto fico só com autocarro na minha zona tendo que fazer vários transbordos, parece que ninguém trabalha em Agosto, cada vez há mais, que não se pode passear e não nos podemos distraír com as horas pois acabam cedo!

O mais ridículo é tirarem nesse período a carreira 764, que passa pelo Colombo, quando reclamei a resposta foi que tem pouco procura em Agosto, a minha pergunta é quantas pessoas trabalham no Colombo mesmo?! E os estudantes em tempo de férias que vão para o centro comercial, enfim...

Sofia
Imagem de perfil

De Miss F a 14.10.2015 às 19:40

Sim essa é outra que nem falei neste post, a redução de carreiras em determinados períodos porque, como se sabe, só as crianças têm direito a ir para a escola e no Verão ninguém trabalha. Depois resulta em autocarros lotados.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D