Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

#3 Odeio pessoas

por Miss F, em 21.10.15

que dizem treuze.

 

Oh minha gente, mas onde é que vêem o U? É treze. T-R-E-Z-E. Sem u. Isto quando são pessoas que, por contingências da vida, têm uma baixa escolaridade e poucos conhecimentos da língua portuguesa eu ainda dou um desconto e não ligo. Mas quando são pessoas com formação e, como já ouvi, jornalistas eu fico maluca. Maluca!! É que não estamos a falar de uma palavra complicada como rubrica, estamos a falar de pôr letras onde não existem. 

 

Eu posso gostar da pessoa e até pensar que é uma pessoa que sim senhor, vale a pena falar com ela. Mas se calha a dizer que no dia treuze tem um compromisso desce logo na minha consideração.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:00

#2 Odeio pessoas

por Miss F, em 14.10.15

que TODOS OS DIAS põem frases feitas/inspiradoras nas redes sociais.

 

Primeiro, frases feitas irritam-me. Depois, como é que estas pessoas encontram as frases? Têm um arquivo no computador, dividido por pastas como 'Frases de Bom Dia', 'Frase de Motivação', 'Frases de Be Yourself' e por aí?? É que falo de pessoas que não fazem um simples share de páginas como Cifras e outras que tais (que eu odeio e passo a vida a bloquear), são pessoas que põem fotos delas, dos filhos, dos cães, dos gatos e dos periquitos sempre com uma frase alusiva à situação, todos os dias!!!

 

Depois a questão prática - não é possível acreditar genuinamente em toda aquela trampa. Até porque, muitas vezes, as frases contradizem-se. Mas o pior, o piorzinho de tudo, é que se ainda fossem citações de livros, filmes, por aí, que nos fizessem pensar um pouco, mas nãooooo, são aquelas frasezinhas de porcaria que não lembram ao menino jesus.

 

E agora digam-me, não odeiam estas pessoas? Admitam, quem é que tem, pelo menos, um amigo assim?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:03

Odeio pessoas

por Miss F, em 07.10.15

que assumem que quem trabalha no atendimento ao público é um ignorante sem formação nenhuma.

 

E isto tanto serve para presencial como telefónico (já passei pelos dois). Para melhor dissecar estas pessoas vou contar-vos uma história. Depois de acabar a licenciatura vi-me desempregada (como tantos outros) e fui recorrendo a este e àquele trabalho, um deles embrulhos na altura do Natal. Estava eu na minha labuta quando vejo uma cara conhecida, uma antiga professora na fila para recorrer aos meus préstimos. Quando chegou à vez dela (ainda me lembrava do nome) disse-lhe que não se devia lembrar de mim porque já tinham passado alguns anos, mas que eu me lembrava dela e sempre gostei das suas aulas (e reparem, nem sequer estava a mentir!!). Lá disse a escola e o ano para ela ficar com uma noção do tempo e ela, admitindo que de facto tinha dificuldade em lembrar-se, diz o seguinte: Então e a menina está aqui? Deixou de estudar... Mesmo assim, com reticências, sem qualquer entoação de pergunta. Por momentos até parei o que estava a fazer, olhei para ela e respondi-lhe Não, acabei o secundário com uma boa média e tirei uma licenciatura, mas como este país é tão pobrezinho vou fazendo o que posso pela vida. Escusado será dzer que a conversa morreu ali e esta grande idiota passou de uma das professoras que lembrava com mais respeito, e até algum carinho, a rosto de um tipo de pessoas que odeio, ilustrando como as pessoas são pequeninas na forma como olham os outros. 

 

E agora digam-me lá, quantos de vocês já sofreram isto na pele e odeiam estas pessoas?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:40

Odeio pessoas

por Miss F, em 30.09.15

Toda a gente, por muito que não o admita, odeia pessoas. Pode não ser no geral, mas há tipos de pessoas que reúnem consenso - muita gente os odeia. Como acho que o ódio contido é mau para a nossa saúde decidi lançar esta rubrica e assim todos podem vir para aqui destilar os seus ódios de estimação. Atenção, não estamos aqui a falar de linchamento público de esta ou daquela pessoa, estamos a falar de subespécies do ser humano. Para dar um exemplo, a minha irmã odeia pessoas que trauteiam na rua.

 

O meu compromisso convosco é todas as quartas-feiras ter aqui um ódio de estimação, devidamente descrito e dissecado, com relatos de situações ilustrativas para que possam visualizar bem a coisa. Se quiserem juntar-se é só copiar a ideia (mas pelo menos digam de onde veio ou correm o risco de vir a ser encaixados, sub-repticiamente, nesta mesma rubrica!).

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:36


Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D