Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Algo tem de mudar

por Miss F, em 07.01.16

O que se anda a passar em Lisboa é insustentável. Eu sou de Lisboa, mesmo mesmo alfacinha de gema, nasci e cresci por aqui, faço os mesmos trajectos desde sempre e, de ano para ano, de mês para mês, o trânsito aumenta de uma forma parva. Durante anos apanhei sempre o mesmo autocarro, a várias horas do dia, num trajecto que demorava 10-15 minutos. Ao ponto de entrar às 8h15 nas aulas e apanhar, com confiança, o autocarro das 8h todos os dias. Esse mesmo trajecto, nesse mesmo autocarro, leva agora 30-45 minutos. Enquanto estou no trânsito e vou olhando pela janela arrisco dizer que 98% dos carros só levam uma pessoa. Eu sei, é mais confortável ir de carro do que nos transportes públicos. Mas actualmente há trânsito a praticamente todas as horas, em praticamente todos os sítios da cidade e isto assim não dá.

 

Sabem, é verdade, andar de transportes públicos tem coisas más. Por vezes cheiram mal, por vezes há pessoas que nos incomodam, por vezes vêm cheios. Mas isto também acontece porque cada vez há menos pessoas a usá-los, e isso faz com que a oferta diminua por falta de procura, as receitas com os passes diminuam e isto tem impacto no serviço que é prestado. Mas também tem coisas boas. Dá para ler, dá para tirarmos dez minutos para não fazer nada ou pensar no que temos de fazer e, acreditem, acaba por ser menos stressante estar num autocarro no trânsito do que num carro.

 

Isto para muitas pessoas vai soar como estupidez, mas acho que deviam ser tomadas medidas ainda mais drásticas para reduzir a entrada de carros na capital - aumentar o preço dos parques durante o horário laboral ou criar uma taxa no acesso à cidade. É que o problema não está nos lisboetas, arrisco dizer que muitos lisboetas, a grande maioria dos que conheço, andam de transporte, o problema está em quem vem de fora - Cascais, Odivelas, Amadora, Sintra, Loures, Almada e por aí. Claro que, em contrapartida, devem melhorar-se as condições nos transportes públicos para que as pessoas os utilizem mais - como criar mais parques de estacionamento nas estações de metro e de comboios periféricas, melhorar a qualidade dos equipamentos ou aumentar a frequência dos transportes. Isto teria vários efeitos benéficos: mais pessoas a utilizarem os transportes significa mais dinheiro a entrar nas empresas de transportes, que permite criar mais emprego; mais pessoas a trabalhar permite que haja mais transportes a circular e menos tempo de espera; mais pessoas nos transportes significa menos carros a circular, logo menos trânsito e, com menos trânsito menos poluição. Como se faz isto? Não sei, mas era bom que alguém pensasse a sério nisto! Fica a ideia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:39


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D