Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Direitos dos Animais -ou das Pessoas?

por Miss F, em 19.08.15

Saiu hoje uma notícia que os veterinários defendem benefícios fiscais para quem tem animais de estimação. Eu nunca tive animais, seria incapaz de tratar mal um animal mas não tenho particular gosto por eles. Posto isto não podia discordar mais desta ideia. Se há gente que tem filhos para receber abono e outras ajudas então com animais passavam a ter uma quinta em casa. Ou seja, salvaguardar o bem-estar dos animais, que está na base da ideia podia ter o efeito contrário, até porque convém não esquecer que tudo o que são benefícios fiscais é bem mais bonito na teoria do que na prática, quando percebessem que afinal o benefício não é assim tanto iam aumentar os abandonos. Sim, conheço quem trate os animais como família (e acho bem) e sei que se gasta muito dinheiro com um animal de estimação, contudo não vejo porque hão-de ter benefícios. Quem quer ter um animal tem que ter tudo em conta, se não tem capacidade financeira para sustentar o bicho fica quieto no seu canto ou vai visitá-lo ao canil todos os dias (estou a assumir que quem gosta MESMO de animais os adopta). Eu gostava de comprar livros todos os dias, mas como não posso não compro. Acho que é simples. No fundo acho que esta ideia é mais para as pessoas do que para os animais e não os ia beneficiar em nada.

 

Nota: Post editado para pôr o link da notícia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:20


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D