Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Gillian Flynn - Review

por Miss F, em 23.09.15

Quando comcei a escrever esta review era suposto ser sobre o Sharp Objects, mas reparei que a única crítica que fiz ao trabalho de Gillian Flynn foi através do filme que saiu no ano passado. Desde então já tive oportunidade de ler a obra completa (são só três livros, mas assim soa melhor) e achei que tinha mais interesse fazer um post abrangente.

 

Sharp Objectsé o primeiro livro da autora mas foi o último que li e por isso está mais fresco na memória, li nas férias de Julho Lugares Escuros e Em Parte Incerta li algures entre Junho e Julho (em altura incerta**). O que mais gostei foi o Em Parte Incerta, acho que de todos é o que melhor explora a dimensão psicológica do ser humano. Todos os livros têm pontos comuns - as personagens principais são sempre mulheres, têm uma carga psicológica e emocional forte, e são muito dark. Há sempre uma relação difícil/inexistente das personagens com as mães, um facto que achei curioso. A escrita da autora é extraordinária (mais uma vez, atinge o seu expoente máximo Em Parte Incerta), muito fluida e sem grandes floreados desnecessários. Nos momentos mais altos torna-se cortante, mas sempre com um bom ritmo, de tal modo agradável que o último que li demorei apenas dois dias. São livros com histórias muito bem pensadas, completamente imprevisíveis. Mas quando digo completamente é ao estilo Agatha Christie, praticamente impossível chegar lá. No Sharp Objects pensei que tinha conseguido desvendar o mistério logo bem cedo (e até estava um pouco desiludida) mas depois, naturalmente, não adivinhei. Gosto disto nos livros, gosto que sejam um desafio para os leitores. Sim, sabe bem descobrir o final antes (como neste) mas sabe ainda melhor ser surpreendido.

 

Se nunca leram nada de Gillian Flynn sugiro que comecem pelo Em Parte Incerta, aposto que vão querer ler mais. Se não tiverem paciência para ler vejam os filmes, um teve nomeação para Oscar (quem é que adivinhou que ia ter, quem foi? Euzinha própria) e o outro conta com a Charlize Theron. 

 

Pontuações dos livros:

 

Sharp Objects 

Em Parte Incerta 

Lugares Escuros 

 

*Aviso à navegação: quando faço críticas de livros ponho os títulos consoante a língua em que li, daí que o Sharp Objects seja o único que, neste post, está em inglês.

**Sofro do problema de achar que tenho piada. Vá, riam-se lá que agora até tive.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:00


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D